Manifestantes esperam resposta até quinta

Matéria publicada na Tribuna de Minas de 25 de junho de 2013. O Movimento “Salvem o Cine Excelsior” esteve presente na Câmara Municipal junto aos manifestantes.

Documento foi entregue à PJF e Câmara. Executivo afirma que algumas das propostas já fazem parte da ‘rotina de ações implementadas’

Por Renato Salles

Cerca de cem manifestantes ocuparam as dependências da Câmara

Cerca de cem manifestantes ocuparam as dependências da Câmara

As manifestações do movimento conhecido como “Junta Brasil” chegaram à Câmara Municipal na tarde desta segunda-feira (24), quando uma comissão formada por nove pessoas entregou um documento ao presidente do Legislativo, Julio Gasparette (PMDB), e ao secretário do Governo Bruno Siqueira (PMDB), José Sóter de Figueirôa, que representou o Executivo em audiência pública realizada momentos antes do encontro com os manifestantes. Composta por quatro itens principais, a relação é encabeçada por pedidos referentes ao sistema de transporte público urbano, como a redução da tarifas e a celeridade na realização de processo licitatório para o serviço. O documento reivindica ainda a redução de vencimentos e benefícios de vereadores e prefeito, a retirada de tramitação e veto do prefeito Bruno Siqueira (PMDB) aos projetos de lei que alteraram as leis de edificações e de uso e ocupação do solo e a retomada das obras do Hospital Regional da Zona da Mata. Segundo a carta, o grupo aguarda posição oficial do Município e do Parlamento em três dias úteis. O prazo se encerra quinta-feira, quando novo ato público deve acontecer nas ruas da cidade.

No início da noite, a Prefeitura reiterou o respeito às manifestações pacíficas que acontecem na cidade desde a semana passada. Em nota, a PJF afirmou que “alguns pontos destacados pelo movimento já fazem parte da rotina de ações implementadas pela Administração.” Sobre o transporte coletivo, afirma que o reajuste anual que aconteceria em julho, influenciado por aumentos dos combustíveis e recomposição salarial dos profissionais do setor, tornou-se desnecessário no momento, após desonerações tributárias concedidas pelo Governo federal. “Cabe explicar que os municípios que estão diminuindo a tarifa já tinham praticado o reajuste nos meses anteriores, o que não é o caso de Juiz de Fora.”

O Executivo declarou ainda que está trabalhando para realizar a licitação do transporte urbano. Uma portaria publicada nesta segunda oficializou a comissão especial para acompanhar a concorrência iniciada pelo ex-prefeito Custódio Mattos (PSDB), parada no Tribunal de Contas do Estado (TCE), e buscar alternativas caso o processo não possa ser retomado. “Outros temas abordados também já estão sendo executados, como a homologação da nova licitação do Hospital Regional na última semana”, diz a nota. Uma decisão de Bruno sobre o projeto que altera o uso e ocupação do solo é esperada para esta semana.

 

Plano Diretor

A Câmara também se mobilizou no sentido de dar as primeiras respostas às reivindicações. Nesta segunda, o presidente do Legislativo anunciou a formação de comissão especial para intensificar os debates sobre a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal, que englobaria as discussões a respeita das alterações na lei de edificações e de uso e ocupação do solo, como as que tramitam na Casa. O grupo será formado por José Márcio (PV), Vagner de Oliveira (PR) e Roberto Cupolillo (Betão, PT). Gasparette também convocou para esta quarta uma reunião entre os vereadores para avaliar os pedidos dos manifestantes. “O povo tem o direito de reivindicar melhorias, e os vereadores reconhecem a legitimidade do movimento. Vários pontos abordados pelos manifestantes estão na pauta de discussões do Legislativo”, diz nota oficial assinada por Gasparette.

Com quatro horas de duração, entre 14h e 18h, a manifestação desta segunda levou um número menor de pessoas às ruas, quando comparada com os três atos anteriores. A estimativa da Polícia Militar (PM) e de integrantes da ação é de que cerca de 200 manifestantes fizeram parte do protesto e que aproximadamente cem ocuparam as dependências da Câmara. Mais uma vez, a movimentação ocorreu de forma pacífica e foi monitorada por 84 policiais. Como o grupo se manteve nas imediações do Palácio Barbosa Lima, o trânsito nas vias da cidade não chegou a ser comprometido.

Fonte: Tribuna de Minas

Espalhe no Facebook

Câmara Municipal de Juiz de Fora reafirma importância da preservação do Excelsior

Câmara Municipal de Juiz de Fora reafirma importância da preservação do Cine Excelsior.

Os vereadores Flávio Cheker (PT) e Roberto Cupolillo (PT) manifestaram repúdio da casa legislativa à decisão tomada pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Comppac) de recusar o tombamento histórico do Cine Excelsior. “Atestamos a importância do surgimento e da manutenção de centros culturais de relevância para a comunidade. O tombamento do Cine Excelsior e sua liberação para uso estritamente cultural poderia proporcionar a Juiz de Fora um centro de cultura e agregamento de novas manifestações culturais”. A Moção foi subscrita pelo vereador José Sóter de Figueirôa (PMDB).

Figueirôa ainda subscreveu Moção de Apoio ao movimento Salve o Cine Excelsior, apresentada por Cheker e Betão. “O tombamento do Cine Excelsior será um instrumento vital, não só da memória audiovisual, mas também de construção da cidadania”, afirmaram.

Via Câmara Municipal de Juiz de Fora

Espalhe no Facebook

Moções de Apoio e Moções de Repúdio

Moções de Apoio ao Movimento Salvem o Cine Excelsior e Moção de Repúdio contra a decisão do COMPPAC, feitas pela Câmara Municipal de Juiz de Fora/MG. Iniciativa dos vereadores José Sóter de Figuerôa Neto, Betão Cupolillo e Flávio Cheker, a quem o Movimento agradece.

 


.

 

Moção de Apoio nº 227

Senhor Presidente,
Senhores (a) Vereadores (a).

A Câmara Municipal de Juiz de Fora, vem por meio desta, requerer à Mesa, uma vez ouvido o Plenário, e observadas às demais formalidades regimentais, manifestar MOÇÃO DE APOIO ao movimento Salve o Cine Excelsior.
Visto a necessidade de nos voltarmos para os municípios e de apoiarmos as iniciativas de grupos culturais, o tombamento do Cinema Excelsior será um instrumento vital, não só da memória audiovisual, mas também de construção da cidadania.

Palácio Barbosa Lima, 28 de junho de 2012.

JOSÉ SÓTER DE FIGUEIRÔA NETO
VEREADOR – PMDB

 


.

 

Moção de Repúdio nº 226

Senhor Presidente,
Senhores (a) Vereadores (a).

A Câmara Municipal de Juiz de Fora, vem por meio desta, requerer à Mesa uma vez ouvido o Plenário, e observadas às demais formalidades regimentais, manifestar MOÇÃO DE REPÚDIO a decisão tomada pelo COMPPAC, de recusar o tombamento histórico do Cine Excelsior.
Atestamos a importância do surgimento e da manutenção de centros culturais, de relevância para a comunidade. O tombamento do Cine Excelsior e sua liberação para uso estritamente cultural poderia proporcionar a Juiz de Fora um centro de cultura e agregamento de novas manifestações culturais.
Atenciosamente,

Palácio Barbosa Lima, 28 de Junho de 2012.

JOSÉ SÓTER DE FIGUEIRÔA NETO
VEREADOR – PMDB

 


Espalhe no Facebook

Todos Vereadores de Juiz de Fora pedem o Tombamento do Cine Excelsior em novo documento ao COMPPAC

O Movimento “Salvem o Cine Excelsior” divulga um novo documento, complementar ao publicado aqui no blog no dia 5 de maio de 2012, reafirmando o apoio da Câmara Municipal de Juiz de Fora à causa do nosso cinema, após a Audiência Pública realizada em abril.

Pelo o que soubemos há poucos dias, na outra ocasião, quatro vereadores deixaram de assinar simplesmente por falha de comunicação entre os assessores. Agora se confirma que o apoio é unânime. Sim, isso mesmo, todos os 19 vereadores assinaram o requerimento que segue abaixo.

Trata-se de uma importante vitória do Movimento, e da cidade de Juiz de Fora, porque todos os seus representantes no Poder Público atestaram que o Cine Excelsior merece seguir a sua vocação original, que é um espaço destinado à cultura.

Há outras observações: Não há número de requerimento por ser complementar àquele publicado, e não há o carimbo do Presidente da Câmara nesse documento devido ao caráter de apoio unânime. E desta vez o vereador Tico-Tico assinou com o seu nome de registro, Antônio Martins, lembrando que na outra ocasião fora motivo de alguma discussão quanto à autenticidade do documento entre os visitantes do blog.

Este documento foi entregue à FUNALFA no dia 30 de maio de 2012, e que é reproduzido aqui, em primeira mão:

.

 

Espalhe no Facebook

Abaixo-assinado dos Vereadores de Juiz de Fora

O MOVIMENTO SALVEM O CINE EXCELSIOR tem a Satisfação de noticiar em primeira mão que conseguiu um abaixo-assinado referendando o Pedido de Tombamento do Cine Excelsior com 15 (dos 19) Vereadores. O documento será encaminhado à FUNALFA/COMPPAC para reforçar o tombamento do espaço.

.

.

A propósito, para não deixar duvidas, este documento é Oficial da Câmara Municipal de JF e seguirá, através da Mesa Diretora, para a Presidência do COMPPAC. Trata-se de encaminhamento traçado durante a Audiência Publica (do dia 23/04/2012).

Trata-se de uma grande vitória do Movimento mas a luta continua!

Espalhe no Facebook

Futuro do Cine Excelsior é debatido em audiência no Legislativo

Matéria publicada no site oficial da Câmara Municipal de Juiz de Fora, em 24 de abril de 2012.

 

Há 18 anos discussões sobre criar uma alternativa para o espaço em que funcionava o cinema Excelsior e o tombamento do local ganham força. Neste sentido, a Câmara realizou na tarde desta segunda-feira (23/04), por solicitação do vereador Flávio Cheker (PT), audiência pública para promover o debate.

Continue lendo “Futuro do Cine Excelsior é debatido em audiência no Legislativo”

Espalhe no Facebook

Audiência pública debate o futuro do Cine Excelsior

Publicado em 24 de abril de 2012 no JF Hoje

Representantes do Movimento Salvem o Cine Excelsior fizeram discursos defendendo a manutenção do espaço como reflexo da identidade dos juizforanos e de preservação de sua história cultural

Há 18 anos discussões sobre criar uma alternativa para o espaço em que funcionava o cinema Excelsior e o tombamento do local ganha força. A Câmara realizou na tarde dessa segunda-feira (23), uma audiência pública para promover o debate.

Representantes do Movimento Salvem o Cine Excelsior fizeram discursos defendendo a manutenção do espaço como reflexo da identidade dos juizforanos e de preservação de sua história cultural. Também solicitaram transparência nas decisões.

A ideia do lugar ser transformado em estacionamento preocupa moradores do edifício. Interferências na estrutura da obra, ruídos e proximidade com ruas de tráfego intenso de veículos e pedestres foram citados. Segundo o vereador Flávio Cheker, há possibilidade do Excelsior retomar suas atividades e ainda render lucros como atividade comercial.

Flávio Cheker destacou o motivo do debate. “Existem dois grupos na defesa da questão, os que buscam resguardar a memória, a história, a cultura, e aqueles que agem pelas forças do progresso e do capital. A definição se o Excelsior poderá ou não voltar a ser um espaço de interesse cultural será tomada pela Funalfa e Prefeitura. Nosso papel em promover a discussão está sendo cumprido”.

Fonte: JF Hoje

Espalhe no Facebook

Futuro do Cine Excelsior depende de decisão do Comppac

Matéria publicada no Portal ACESSA.COM, do dia 23 de abril de 2012.

Proprietário do imóvel pretende instalar estacionamento no espaço onde antes funcionava o cinema. Situação do imóvel foi discutida em audiência pública

Thiago Stephan
Repórter

audiencia

“Da decisão do Comppac [Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural] depende o futuro do espaço onde funcionou o Cine Excelsior”. A frase é do vereador Flávio Cheker (PT), proponente de audiência pública que debateu, na tarde desta segunda-feira, 23 de abril, a situação do espaço, onde o atual proprietário pretende instalar um estacionamento. A obra começou a ser realizada, mas está embargada enquanto o conselho avalia a situação. “Cabe ao Comppac dizer se o espaço merece ser tombado ou protegido por meio da declaração de interesse cultural”, acrescenta o vereador, em tom de apelo.

Continue lendo “Futuro do Cine Excelsior depende de decisão do Comppac”

Espalhe no Facebook

Audiência Pública debate alternativas para Cine Excelsior

Do blog do Vereador Flavio Cheker, após a Audiência Pública realizada em 23 de abril de 2012.

Após 18 anos de luta, uma prova evidente de que a mobilização pela recuperação pelo Cine Excelsior permanece fortalecida. Audiência Pública realizada nesta segunda (23) reafirmou decisivamente a importância do espaço para Juiz de Fora e demonstrou que, hoje, a preservação da sala depende em especial do Comppac (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural) e Prefeitura de Juiz de Fora.

Continue lendo “Audiência Pública debate alternativas para Cine Excelsior”

Espalhe no Facebook

Audiência Pública em Defesa do Cine Excelsior!

Dia 23 de abril de 2012, às 15h, na Câmara Municipal de Juiz de Fora!

Participe!
Compareça com a sua camisa!
Vamos fazer história!
Vamos salvar o cinema!

.

.

.

Convocamos todos os interessados pela preservação do cinema que participe desta audiência, pois o futuro do imóvel depende de todos nós!

Espalhe no Facebook

SALVEM O CINE EXCELSIOR – Depoimento de Carlos Cesar Bonifácio

Veja aqui o depoimento exclusivo que o Vereador Carlos Cesar Bonifácio (PRB), Presidente da Câmara Municipal de Juiz de Fora, concedeu em apoio ao Movimento SALVEM O CINE EXCELSIOR.

Para ver outros depoimentos ou saber maiores informações sobre o Movimento em prol do Cine Excelsior, acesse os seguintes links:

Canal Oficial do Movimento no Youtube:
http://www.youtube.com/CineExcelsior2011

Página Oficial do Movimento no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Cine-Excelsior/270119763038780

Twitter Oficial do Movimento:
http://twitter.com/salvem_cineexcel

Espalhe no Facebook

Depoimento de José Sóter de Figueirôa Neto para o MOVIMENTO SALVEM O CINE EXCELSIOR

Veja aqui o depoimento exclusivo que o Vereador José Sóter de Figueirôa Neto (PMDB) concedeu para o Movimento SALVEM O CINE EXCELSIOR.

Figueirôa é engenheiro civil com especialização em Administração Pública e mestrando em Serviço Social. Militou no movimento estudantil universitário, foi diretor do Sindicato dos Engenheiros de Minas e esteve à frente do Ipplan como diretor geral. Foi superintendente de Planejamento e Coordenação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG), presidiu o Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social de Minas Gerais (Cogemas-MG), foi primeiro secretário do Conselho Estadual de Assistência Social-MG e presidente do Conselho Estadual de Trabalho e Renda-MG.

Para ver outros depoimentos ou saber maiores informações sobre o Movimento em prol do Cine Excelsior, acesse os seguintes links:

Canal Oficial do Movimento no Youtube:
http://www.youtube.com/CineExcelsior2011

Página Oficial do Movimento no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Cine-Excelsior/270119763038780

Twitter Oficial do Movimento:
http://twitter.com/salvem_cineexcel

Espalhe no Facebook

Depoimento de Francisco Carlos Canalli para o MOVIMENTO SALVEM O CINE EXCELSIOR

Veja aqui o depoimento exclusivo que o Vereador Francisco Carlos Canalli (PMDB) concedeu para o Movimento SALVEM O CINE EXCELSIOR.

Para ver outros depoimentos ou saber maiores informações sobre o Movimento em prol do Cine Excelsior, acesse os seguintes links:

Canal Oficial do Movimento no Youtube:
http://www.youtube.com/CineExcelsior2011

Página Oficial do Movimento no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Cine-Excelsior/270119763038780

Twitter Oficial do Movimento:
http://twitter.com/salvem_cineexcel

Espalhe no Facebook

Depoimento de Flávio Procópio Cheker para o MOVIMENTO SALVEM O CINE EXCELSIOR

Veja aqui o depoimento exclusivo que o Vereador Flávio Procópio Cheker (PT) concedeu para o Movimento SALVEM O CINE EXCELSIOR.

Flávio Cheker é Professor, do ensino médio e superior. Vereador de Juiz de Fora, pelo PT, há cinco mandatos consecutivos. Deu início à vida pública atuando como Coordenador Geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Militou no Comitê Brasileiro pela Anistia e participou da fundação nacional do Partido dos Trabalhadores. Atuou ainda nos movimentos dos professores da rede pública e privada, tendo sido membro da direção do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais.

Em 1992, foi eleito vereador de Juiz de Fora pela primeira vez. Tem exercido os mandatos com a dedicação que uma tarefa como essa exige. Combate o nepotismo, até que fosse proibido por lei; combate o clientelismo, que faz da política uma troca de favores, a corrupção e a falta de respeito aos recursos públicos. Busca legislar para o bem da coletividade, dedicando minha energia sobretudo para os setores sociais mais carentes.

Apresentou muitas centenas de proposições e projetos e foi autor de mais de uma centena de leis. Atuou junto às entidades de direitos humanos, buscando o alívio para os que sofrem e para os menos favorecidos pela vida. Procura defender a moralização do Poder Legislativo e exerce rigorosa fiscalização sobre o Poder Executivo, indagando, denunciando, acolhendo e apoiando ações nesse sentido, mas sem fazer disso um uso publicitário.

Para ver outros depoimentos ou saber maiores informações sobre o Movimento em prol do Cine Excelsior, acesse os seguintes links:

Canal Oficial do Movimento no Youtube:
http://www.youtube.com/CineExcelsior2011

Página Oficial do Movimento no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Cine-Excelsior/270119763038780

Twitter Oficial do Movimento:
http://twitter.com/salvem_cineexcel

Espalhe no Facebook

Depoimento de Betão para o MOVIMENTO SALVEM O CINE EXCELSIOR

Veja aqui o depoimento exclusivo que o Vereador Betão (PT) concedeu para o Movimento SALVEM O CINE EXCELSIOR.

Aos 45 anos, Betão tem uma vida construída na militância política. A sua participação começou cedo. Ele integrou o Diretório Acadêmico (DA) de Geografia da UFJF e o Diretório Central dos Estudantes (DCE), período no qual foram levantadas polêmicas em torno da passagem de ônibus e do restaurante universitário.

Grande parte de sua trajetória foi no Sindicato dos Professores (Sinpro) no qual permaneceu de 1988 a 1995 e retornou em 1998, em meio à greve provocada por dificuldades do governo Tarcísio Delgado de arcar com o pagamento de setembro. Os profissionais com salários maiores só receberam 30%. Uma das medidas tomadas pelos dirigentes do sindicato, foi a mudança da configuração de seu comando, que passou de presidencial a uma coordenação realizada por três lideranças, entre as quais Betão.

Ele também cumpriu dois mandatos na Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), entidade que reúne professores e auxiliares de administração de escolas privadas. Quando exercia o segundo mandato, se licenciou devido às funções de vereador.

De sindicalista combativo a membro da Central Única dos Trabalhadores (CUT) foi um passo. Betão dirigiu a entidade na Zona da Mata e em Minas Gerais. Na função, ajudou a organizar o Sindicato em diversos municípios.

Desde 1986, Betão é filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), membro da corrente “O trabalho” – Seção Brasileira da IV Internacional, da linha Trotskysta. Entre 1990 e 1991, presidiu o partido em Juiz de Fora, quando priorizou a organização interna com o fortalecimento dos núcleos de trabalhadores e bairros.

Betão é professor no Instituto Estadual de Educação, da Escola Municipal Cosette de Alencar e do Colégio Stella Matutina. Ele é casado com Aparecida de Oliveira Pinto. Do seu primeiro casamento tem o filho, Luã, de 20 anos.

Para ver outros depoimentos ou saber maiores informações sobre o Movimento em prol do Cine Excelsior, acesse os seguintes links:

Canal Oficial do Movimento no Youtube:
http://www.youtube.com/CineExcelsior2011

Página Oficial do Movimento no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Cine-Excelsior/270119763038780

Twitter Oficial do Movimento:
http://twitter.com/salvem_cineexcel

Espalhe no Facebook